O que é EFOMM? Tire suas dúvidas! (Com vídeo)

O que é EFOMM?

(PARA MAIS INFORMAÇÕES, ASSISTA AO VÍDEO DO JORNAL CANAL 16!!!)

     A pergunta que dá título à matéria é também uma dúvida cruel que persegue a todos que um dia ouvem falar esse nome. Seja você candidato, aluno, parente de alguém ou até mesmo nunca tenha ouvido falar em EFOMM, o texto e vídeo encontrados aqui irão lhe ajudar a entender melhor sobre o assunto. Aproveitem!

bP6r7j4Q5ghSRxu6HxsHj0ekiUYhpwrTzkXZOtPmp8Q

Entrada do CIABA

     EFOMM: Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, essa é nossa sigla e local de formação. Existem apenas duas no Brasil, localizadas em Belém, dentro do CIABA (Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar) e no Rio de Janeiro, situada no CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha). Como o próprio nome deixa claro, destina-se a formar Oficiais nos cursos de Náutica e Máquinas para a Marinha Mercante do Brasil.

unnamed-1024x768

Concurso EFOMM 2015

      A formação do oficial da EFOMM se dá em 3 anos de curso e 1 ano de estágio embarcado. Porém, para ingressar na Escola, todos devem passar pelo período de: Provas de Conhecimento, Exames de Saúde, Testes de Suficiência Física e Adaptação. A prova consiste de 4 disciplinas (Português, Inglês, Física e Matemática) e 1 redação, na qual os alunos que forem aprovados, serão chamados para as etapas seguintes. No primeiro ano, todos os alunos têm aulas iguais de matérias básicas que qualquer pessoa a bordo de um navio deve conhecer, como: Arquitetura Naval, Combate a Incêndio, etc. Ao final do primeiro ano, é dada ao aluno a opção de escolha do seu curso de especialização, sendo as opções  os cursos de Máquinas e Náutica.
IMG-20160125-WA0047-1024x768

Período de Adaptação

     O curso de máquinas é voltado à formação dos Oficiais responsáveis por toda a parte mecânica e elétrica do navio. Tal curso tem a duração de dois anos e aborda matérias técnicas, como: Motores de combustão interna, Caldeiras e Refrigeração. Os oficiais de máquinas a bordo são capazes de cuidar de todos os sistemas da máquina, desde a propulsão até mesmo geração e distribuição de energia.

     O curso de náutica forma os Oficiais responsáveis por pilotar e administrar o navio. Esse curso também tem duração de 2 anos. Durante as aulas, os alunos recebem instruções em diversas áreas da navegação, como: Meteorologia, Navegação e Estabilidade. Os oficiais de náutica são responsáveis pela navegação, movimentações de carga e controle de estabilidade da embarcação, organização de documentos e informações de segurança.

   IMG-20160128-WA0009-768x1024  Durante sua formação, os alunos da EFOMM também fazem parte do Núcleo de Formação de Oficiais da Reserva da Marinha (NFORM), o que significa que todos são também militares da Marinha do Brasil. Nos 3 anos de escola, eles são comparados a Cabo com precedência. Ao final dos três anos, o aluno da EFOMM é promovido a Guarda-Marinha, sendo posteriormente transferido para a reserva não-remunerada da Marinha.

     Ser oficial da reserva da Marinha significa que os alunos que se formam na EFOMM não trabalharão na Marinha de Guerra. Os oficiais da reserva podem escolher exercer outra profissão no meio civil. Portanto, ao se formarem, todos poderão trabalhar em empresas de navegação, que não precisam ter qualquer vínculo com a Marinha de Guerra. Porém, por serem oficiais da reserva, os profissionais podem ser convocados de volta à ativa em caso de necessidade da Marinha.

     Após formados, os alunos ingressam no período de praticagem, onde passam um ano embarcados em navios mercantes. Esse período de estágio é obrigatório e faz parte da formação do oficial. É durante a praticagem que o aluno pode aplicar todo o conhecimento teórico adquirido durante as aulas no CIABA-EFOMM. A praticagem é um período supervisionado, onde o aluno é instruído por outros oficiais a bordo e aprende tudo que deverá fazer quando for de fato um oficial formado. Após o período de praticagem, o aluno deverá devolver sua documentação ao local em que se formou, com aprovação do comandante do navio onde fez a praticagem, para somente então receberem a documentação de embarque e, consequentemente, serem declarados Oficiais da Marinha Mercante.

      Para mais informações, deixe sua dúvida nos comentários e não deixem de acompanhar as próximas reportagens sobre vida a bordo, cursos e oportunidades de trabalho, além do acompanhento sobre o Concurso EFOMM 2016!

      O Jornal Canal 16 agradece a atenção, muito obrigado!

Al. Marcus

Al. Marcus – Texto

Al. Natália Belei

Al. Natália Belei – Texto

Al. Bemerguy

Al. Bemerguy

Aluno do 3° ano do curso de Náutica e Diretor do Jornal Canal 16.

Você pode gostar...