Abertura do Ano Cultural 2018: uma noite marcada por muita descontração

Na noite de quinta-feira, dia 19, aconteceu no Auditório do CIABA a Abertura do Ano Cultural 2018, que marca o início do calendário de eventos da Sociedade Acadêmica Vikings, eventos nos quais proporcionam ao corpo de alunos momentos ainda mais saudáveis e de grande importância para a formação dos futuros oficiais da Marinha Mercante.

O evento contou com a presença do comandante do 4º Distrito Naval, do comandante do CIABA, bem como o corpo de alunos, oficiais e convidados para apreciar de uma noite com shows de Stand Up Comedy com o comediante Sylvio Romero e Rominho Braga e um show com o ilusionista Paulo Macêdo que apresentou seu trabalho com o poder da mente.

Foi sem dúvida um evento muito importante pois quebrou um pouco a rotina militar, trouxe um clima mais ameno, mais descontraído. Gostei muito de ter participado do show de ilusionismo, principalmente do hipnotismo,  no qual poucas pessoas conhecem, foi uma experiência muito boa que deu para relaxar bastante a mente. Al. Mário Pierre

As atividades culturais do CIABA são realizadas durante todo o ano letivo e promove a união dos estudantes com atividades extras, tais como cinema, esporte, lazer, competições internas, confraternizações entre outras que geram um bem estar geral dentro da Instituição.

Todas essas atividades são de fundamental importância pois faz com que a gente pense em outras coisas que não seja a rotina interna do CIABA, pois aqui as vezes, com o estudo, a gente acaba ficando muito tenso e essas atividades ajudam a espairecer e unir as pessoas, alunos e comando e revelar que não há somente militarismo. Também é importante para incentivar a cultura e despertar essa curiosidade nas pessoas. Al. Gabriela Melo

Ao encerrar a noite, o corpo de alunos apreciou as palavras de sabedoria do Excelentíssimo Senhor Vice-Almirante Edervaldo, que falou sobre a importância desses eventos para os alunos, pois são momentos como este que tornarão nobres as lembranças que levaremos da Escola após formado.

Al Santos

TEXTO – AL. SANTOS

Al Raccah

FOTOS – AL. RACCAH

 

Al Santos

Al Santos

Paraense, 20 anos. Segundo anista da EFOMM, aluno de máquinas. Primeira experiência como escritor e carrega com orgulho o brevê do Jornal Canal 16.

Você pode gostar...